Max Verstappen

Max Verstappen diz que parou pela segunda vez no final do GP do Brasil para tentar a volta mais rápida, com sua posição na pista já estando segura.

Verstappen teve uma corrida solitária em Interlagos, ocupando o quarto lugar, atrás dos líderes Sebastian Vettel, Valtteri Bottas e Kimi Raikkonen, pela maioria do tempo.

À medida que seus pneus desgastaram, ele foi ultrapassado por Lewis Hamilton, e comparou sua situação como dirigir sobre “gelo”.

Com uma diferença grande de Daniel Ricciardo, que esteve envolvido na colisão da primeira volta, Verstappen pediu para colocarem os pneus super macios.

Ele realmente os usou, marcando 1m11.044s na volta 64, cerca de oito décimos mais rápido do que o mais próximo melhor tempo, feito por Hamilton e quebrando o recorde de pista de Juan Pablo Montoya de 2004 com motor V10 de 3000 cc.

 

IB – www.autoracing.com.br

ATENÇÃO: Comentários com textos ininteligíveis ou que contenham ofensas não serão aprovados pelo moderador.



DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here