A Dinamarca garantiu vaga na quinta Copa do Mundo de sua história nesta terça-feira (14). Depois de um empate sem gols no jogo de ida da repescagem contra a Irlanda, em casa, a equipe saiu atrás em Dublin, mas contou com atuação de gala de Eriksen para buscar a virada, golear por 5 a 1 e confirmar a classificação.


Desta forma, a Dinamarca volta a uma Copa do Mundo após ficar de fora no Brasil, em 2014. O país disputou os Mundiais de 1986, no México; 1998, na França; 2002, na Coreia do Sul e no Japão; e 2010, na África do Sul. Por outro lado, os irlandeses seguem sem jogar o torneio desde 2002.



Nesta terça, os donos da casa até se animaram quando saíram na frente logo no início, mas viram Eriksen garantir a vaga dos dinamarqueses com três gols. O meia do Tottenham cresceu na reta final das Eliminatórias e chegou à incrível marca de 15 gols marcados nas últimas 15 partidas pela seleção, se tornando o grande herói desta classificação.


Eriksen e a Dinamarca, porém, levaram um susto logo aos cinco minutos do duelo desta terça-feira. Após falta cobrada do meio de campo para a área, Dellaney tentou cortar, mas errou e jogou a bola para o alto. Duffy foi mais esperto e pulou para desviar para a rede.


O gol logo no início dava a vaga à Irlanda e obrigava a Dinamarca a atacar, o que deixou o jogo aberto. Os visitantes ameaçaram aos 16, com Kvist, e aos 17, com Sisto, mas em ambas as ocasiões o goleiro Randolph apareceu bem. A resposta irlandesa veio com Murphy e McClean, que erraram o alvo por pouco.


A impressão era de que os dois times estavam perto do gol, mas em uma infelicidade irlandesa, a Dinamarca empatou aos 28 minutos. Sisto fez grande jogada pela esquerda, colocou entre as pernas do zagueiro e cruzou para Christensen, que não conseguiu pegar em cheio. Mas a bola tomou a direção da trave, voltou nas pernas de Christie e tomou caminho do gol.


O empate desestabilizou completamente a Irlanda, que viu o adversário buscar a virada somente três minutos depois. Em rápido contra-ataque pela direita, Jorgensen e Delaney tabelaram antes que a bola chegasse para Eriksen, que emendou de primeira de fora da área para fazer um lindo gol.


Começava o show particular do meia, que quase ampliou no início do segundo tempo em rápido contra-ataque. A Irlanda se lançou totalmente ao ataque e deixou espaços para a Dinamarca. Eriksen aproveitou, arrancou quase do meio de campo e bateu cruzado de esquerda, para boa defesa de Randolph.


Mas não demoraria para o meia balançar a rede novamente. Aos 17, após bela troca de passes pelo meio, ele recebeu próximo à meia-lua, dominou e bateu de canhota no canto direito do goleiro. Aos 28, ainda fez o seu terceiro ao fuzilar de dentro da área, aproveitando erro do zagueiro Ward. E houve tempo para Bendtner, de pênalti, fechar o placar aos 44.


O Mundial de 2018 conta agora com 30 seleções classificadas. Além da Dinamarca, estão confirmados Egito, Nigéria, Senegal, Marrocos, Tunísia, Rússia (país-sede), Brasil, Bélgica, Inglaterra, França, Alemanha, Islândia, Polônia, Portugal, Sérvia, Espanha, Argentina, Colômbia, Uruguai, Costa Rica, Panamá, México, Irã, Japão, Coreia do Sul, Arábia Saudita, Croácia, Suécia e Suíça, estas três últimas também garantidas na repescagem europeia.


Classificados para Copa do Mundo:

Rússia (país-sede)
Brasil (Conmebol)

Uruguai (Conmebol)

Argentina (Conmebol)


Colômbia (Conmebol)

Irã (AFC)

Coreia do Sul (AFC)

Japão (AFC)

Arábia Saudita (AFC)

Tunísia (CAF)

Nigéria (CAF)

Marrocos (CAF)

Senegal (CAF)

Egito (CAF)

México (Concacaf)

Costa Rica (Concacaf)

Panamá (Concacaf)
França (Uefa)

Portugal (Uefa)
Alemanha (Uefa)

Sérvia (Uefa)

Polônia (Uefa)

Inglaterra (Uefa)
Espanha (Uefa)

Bélgica (Uefa)

Islândia (Uefa)

Suíça (Uefa)

Croácia (Uefa)

Suécia (Uefa)

Dinamarca (Uefa)


EsportesR7 no YouTube. Inscreva-se




DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here